3 anos de tombo.pt

Parabéns a você, tombo.pt

No dia 4 de Junho de 2013 nasceu o tombo.pt, na altura apenas um sistema automático que enviava um email para o autor com as novidades diárias dos arquivos. Nessa altura, as novidades não eram tão frequentes como actualmente, tendo o sistema funcionado em branco durante os primeiros treze dias até o Arquivo de Beja disponibilizar 2 livros.
Até que 22 dias depois, no dia 9 de Julho, os Arquivos de Leiria e Setúbal disponibilizaram 50 livros, iniciando com isso uma torrente de novidades diárias que ainda hoje se mantém e não mostra sinais de abrandar. Num espírito de partilha, no dia 11 de Julho, as novidades diárias deixaram de ser apenas um email, passando a ser uma página contendo a lista dos livros disponibilizados na última quinzena.

Este ano e ao invés dos anos anteriores (aqui e aqui), começamos por apresentar as particularidades dos últimos 12 meses nos Arquivos, antes de apresentarmos os dados sobre o tombo.pt.

1 ano nos Arquivos

No ano transacto, os arquivos portugueses ultrapassaram a marca dos 2/3 de livros paroquiais online, tendo sido disponibilizados 35.748 livros paroquiais, passando de 230.060 livros para o total de 265.808. Neste momento faltam disponibilizar cerca de 128 mil livros, uma tarefa hercúlea que ao ritmo actual tardará ainda, pelo menos, quatro anos.


Gráfico com a evolução do número relativo de livros disponibilizados por cada Arquivo
Gráfico com a evolução do número relativo de livros disponibilizados por cada Arquivo, à excepção de Faro, Portalegre, Setúbal e Açores.

Este ano destacamos os seguintes eventos mais significativos:

9 de Junho de 2015
O Arquivo Municipal Alfredo Pimenta inaugura uma nova versão online, passando a usar software da mesma família que os outros arquivos distritais.
14 de Agosto de 2015
O Arquivo Distrital de Évora inicia um processo que em menos de 2 meses os leva de cerca de 3 mil livros para quase 10 mil livros online.
27 de Novembro de 2015
O Arquivo Distrital de Castelo Branco disponibiliza em apenas um dia 1509 livros. Curiosamente, foi a única vez que o ADCTB deu sinais durante este ano.
20 de Abril de 2016
O Arquivo Distrital de Aveiro dá por concluído o seu processo de digitalização e disponibilização online dos registos paroquiais.

Este ano o Arquivo Distrital de Aveiro juntou-se aos Arquivos de Coimbra, Faro, Portalegre, Porto, Setúbal e Açores no grupo dos arquivos que já concluíram o seu projecto de colocação online dos registos paroquiais. (Nota: o tombo.pt alterou os critérios da coluna de livros por digitalizar depois deste artigo ser publicado. Para além de excluir os duplicados, também são excluídos os livros a partir de 1900. Isto levou a que os Arquivos de Coimbra e do Porto tenham superado os 95% e possam também ser considerados como tendo terminado os seus projectos.)

O recordista deste ano foi o Arquivo de Évora, tendo colocado quase 9 mil livros. Para além desta excelente prestação dos arquivos de Aveiro e Évora, também Braga, Guarda e Viseu contribuíram significativamente. Entre si, estes 5 arquivos disponibilizaram perto de 25 mil novos livros paroquiais, o que perfaz cerca de 70% do total nacional.

Viseu também já superou os 90%, pelo que não será nenhuma surpresa que dê o seu trabalho por terminado em breve. E, continuando neste bom ritmo, também Braga, Évora e talvez Castelo Branco o poderão fazer nos próximos 12 meses. No próximo ano estão prometidas novidades no software usado pelo Arquivo Regional da Madeira, pelo que se espera que finalmente e pela primeira vez desde o inico do tombo.pt, surjam novos livros do ARM.

Na tabela seguinte apresentamos a evolução detalhada das estatísticas:

Arquivo Livros Digitalizados Não-duplicados
por digitalizar
% Livros Digitalizados Não-duplicados
por digitalizar
% Livros Digitalizados Não-duplicados
por digitalizar
%
5 de Junho de 2015 diferença 4 de Junho de 2016
Arquivo Distrital de Aveiro 21929 18620 3309 84,91% 166 2971 -2805 12,81% 22095 21591 504 97,72%
Arquivo Distrital de Beja 26091 14170 3261 81,29% 124 413 -409 02,35% 26215 14583 2852 83,64%
Arquivo Distrital de Braga 16828 9976 6852 59,28% 107 3399 -3292 19,70% 16935 13375 3560 78,98%
Arquivo Distrital de Bragança 36588 5620 30961 15,36% 640 1231 -591 03,04% 37228 6851 30370 18,41%
Arquivo Distrital de Castelo Branco 18263 14830 3433 81,20% 392 1509 -1117 06,38% 18655 16339 2316 87,59%
Arquivo Distrital de Coimbra 17937 16739 1198 93,32% 699 1 698 -03,49% 18636 16740 1896 89,83%
Arquivo Distrital de Évora 19837 3003 16329 15,53% 13311 8749 -8725 45,18% 33148 11752 7604 60,72%
Arquivo Distrital de Faro 9393 9111 282 97,00% 18 0 18 -00,19% 9411 9111 300 96,81%
Arquivo Distrital da Guarda 73881 2964 27975 09,58% 417 6433 -5862 20,24% 74298 9397 22113 29,82%
Arquivo Distrital de Leiria 10722 5693 4998 53,25% 1739 1439 -1220 12,12% 12461 7132 3778 65,37%
Arquivo Distrital de Lisboa 42802 26690 9445 73,86% 248 295 -47 00,31% 43050 26985 9398 74,17%
Distrito de Lisboa 32295 24335 1293 94,95% 248 48 200 -00,72% 32543 24383 1493 94,23%
Outros distritos 10507 2355 8152 22,41% 0 247 -247 02,35% 10507 2602 7905 24,76%
Arquivo Distrital de Portalegre 19865 12145 59 99,52% 0 0 0 00,00% 19865 12145 59 99,52%
Arquivo Distrital do Porto 38958 33639 5319 86,35% 149 461 -312 00,85% 39107 34100 5007 87,20%
Arquivo Distrital de Santarém 15744 3964 9706 29,00% 409 1272 -1026 08,63% 16153 5236 8680 37,63%
Arquivo Distrital de Setúbal 9967 9962 5 99,95% 0 0 0 00,00% 9967 9962 5 99,95%
Arquivo Distrital de Viana do Castelo 13905 2243 11662 16,13% 481 1664 -1183 11,03% 14386 3907 10479 27,16%
Arquivo Distrital de Vila Real 24887 14467 10420 58,13% 52 221 -169 00,76% 24939 14688 10251 58,90%
Arquivo Distrital de Viseu 30142 6293 3122 66,84% 58 3674 -2334 25,83% 30200 9967 788 92,67%
Arquivo e Museu Diocesano de Lamego* 11698 11504 194 98,34% 1860 1969 -109 01,03% 13558 13473 85 99,37%
Arquivo Regional da Madeira 8774 437 8336 04,98% 0 0 0 00,00% 8774 437 8336 04,98%
Centro de Conhecimento dos Açores 5549 5549 0 100,00% 0 0 0 00,00% 5549 5549 0 100,00%
Arquivo Municipal Alfredo Pimenta 2428 2428 0 100,00% 64 47 17 -00,68% 2492 2475 17 99,32%
Arquivo Municipal de Mafra 13 13 0 100,00% 0 0 0 00,00% 13 13 0 100,00%
Total 476201 230060 156866 59,46% 20934 35748 -28468 07,97% 497135 265808 128398 67,43%

1. O Arquivo e Museu Diocesano de Lamego segue o método original de adicionar os livros no catálogo ao mesmo tempo que os disponibiliza online,o que faz com que as estatísticas apontem constantemente para uma percentagem de disponbilização acima dos 98%, quando na realidade deve rondar nesta altura os 76%.

1 ano no tombo.pt

Este foi um ano de consolidação, tendo o site passado de uma média de 2250 visitantes diários para cerca de 2500, como se observa no gráfico seguinte:

Visitas diárias entre Junho de 2015 e Junho de 2016

Do ponto de vista de novas funcionalidades existe pouco a destacar:

7 de Junho de 2015
Colocação diária de mensagens na página do tombo.pt no Google+.
24 de Junho de 2015
Novidades do blog Genealogia FB na página principal.
12 de Maio de 2016
A página do tombo.pt no Facebook atinge os 4000 gostos.

Para encerrar este balanço, o autor do tombo.pt gostaria de agradecer os gestos de carinho que recebemos através de 'gostos' no Facebook e doações por parte dos utilizadores do site. Um sincero e enorme obrigado a vocês utilizadores do tombo.pt, e aos trabalhadores dos Arquivos Portugueses sem os quais o site rapidamente estagnaria.

É também de salientar o trabalho dos voluntários da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias que, no passado, microfilmaram todos estes livros e que ainda hoje fornecem as digitalizações desses microfilmes aos Arquivos. Uma palavra de apreço aos administradores voluntários dos fórums de Genealogia no Facebook, Google Groups e outros, e aos administradores dos projectos portugueses na FTDNA.