Como usar o tombo.pt

Este site agrega numa única base de dados todos os livros paroquiais que fazem parte do acervo de vários arquivos portugueses. Sem este recurso, é necessário um conhecimento detalhado do inventário dos arquivos de forma a localizar alguns livros, uma vez que nem todos se encontram no Arquivo Distrital respectivo. Um dos objectivos principais deste site é esconder este tipo de detalhes do utilizador e permitir, através de uma navegação simples, a visualização dos livros paroquiais pretendidos. No entanto, convém lembrar que todos os livros se encontram em sites externos, que são da responsabilidade do arquivo respectivo.

Navegação por áreas administrativas

A melhor maneira de navegar até à paróquia pretendida é através da navegação por áreas administrativas que se encontra no lado esquerdo. Ao entrar na página principal, este bloco apresenta os tradicionais distritos de Portugal e as regiões autónomas dos Açores e da Madeira. Ao escolher uma destas opções será apresentada a lista de municípios pertencentes a esse distrito, excepto no caso das regiões autónomas em que existe um passo intermédio para escolher a Ilha desejada. Uma vez no município desejado, a navegação irá indicar a lista de freguesias ou paróquias respectiva. Algumas das paróquias indicadas podem ter sido extintas algures no passado, por isso não estranhe se não as (re)conhecer.

Navegação por pesquisa

Outra hipótese é usar o mecanismo de pesquisa interno deste site para encontrar a paróquia desejada. O mecanismo de pesquisa ainda é algo simples, por isso o melhor é indicar simplesmente o nome da paróquia desejada (exemplo: "socorro" para encontrar a Paróquia do Socorro em Lisboa).

Organização da página da freguesia

Uma vez na página da freguesia pretendida, terá acesso à seguinte informação:

  • Barra lateral esquerda
    • Links interessantes: dependendo da freguesia, podem existir outros sites externos particularmente úteis. Se este bloco estiver presente, aconselha-se vivamente a visita a estes sites.
    • Lista de freguesias: ligação directa a outras freguesias do mesmo concelho, com a indicação do número de livros disponíveis.
  • Conteúdo principal
    • Informação: informação variada sobre a freguesia. De particular interesse, o orago da igreja dessa paróquia.
    • Tabelas de livros: para cada tipo de livros, é apresentada uma listagem ordenada por data com os mais antigos primeiro, com os seguintes dados:
      • Livro: título do livro. Caso o título seja uma ligação, isso significa que a versão digital do livro está disponível. Nesse caso, carregando no título irá abrir uma janela com o livro disponibilizada pelo arquivo respectivo. No caso do livro não estar disponível, este título será apenas texto.
      • Início: caso tenha sido disponibilizada pelo arquivo, indica a data de início dos registos nesse livro.
      • Fim: caso tenha sido disponibilizada pelo arquivo, indica a data final dos registos nesse livro.
      • [+i]: esta ligação está sempre presente para todos os livros, permitindo visitar a página do livro de catálogo do arquivo.
      • Contacto: permite entrar em contacto com o arquivo responsável pelo livro.

Outras sugestões

Uma vez na página do livro, será possível guardar no seu disco o ficheiro com a imagem dos registos. Aconselha-se vivamente a que documente a sua árvore com uma cópia desta imagem.

Se, por algum motivo, quiser ser capaz de consultar um livro no seu computador sem estar conectado à Internet, terá de gravar no seu disco todos as imagens desse livro. Para automatizar estar tarefa, aconselha-se o uso do programa GetLinks desenvolvido pelo Carlos Leite. Não se esqueça de consultar as instruções de uso, disponíveis na página do programa.

Uma vez que tenha todas as imagens de um livro no seu disco, pode usar o seu programa favorito de visualização de imagens para consultar o livro. Uma outra alternativa, com vantagens na leitura de livros paroquiais, é o uso de programas como o ComicRack ou o CDisplay Ex. Para transformar os seus ficheiros de imagens no formato reconhecido por estes programas, basta usar um compressor de ficheiros para guardar todas as imagens num ficheiro .zip e depois alterar a extensão do ficheiro para .cbz.